Postura dos enfermeiros de uma unidade de terapia intensiva frente ao erro: uma abordagem à luz dos referenciais bioéticos.

09/07/2012 08:03

O objetivo deste trabalho é analisar, a partir dos referenciais da bioética, a postura dos enfermeiros diante de ocorrência de erros em procedimentos de enfermagem na unidade de terapia intensiva (UTI). Trata-se de pesquisa descritiva, sob abordagem qualitativa, realizada com 14 enfermeiros de UTI de um hospital privado de São Paulo. A análise dos resultados foi realizada segundo a proposta de análise de conteúdo de Bardin. Os resultados evidenciados foram: reconhecendo ser falível, reconhecendo e comunicando o erro, e omitindo o erro. Os relatos dos enfermeiros formaram a base para as considerações apontadas à luz dos referenciais bioéticos: a responsabilidade diante do erro supõe o reconhecimento das próprias vulnerabilidades, assumir o erro com responsabilidade supõe condições éticas nas relações entre as pessoas envolvidas e o erro tem um ambiente. Este estudo propicia repensar a prática de enfermagem pautada na bioética, recorrendo à análise do erro focada nas relações entre os envolvidos.

Palavras-chave : Erros Médicos; Bioética; Cuidados de Enfermagem/Ética; Responsabilidade Social; Vulnerabilidade.

 

 

 

Referências do Artigo

COLI, Rita de Cássia Pires; ANJOS, Marcio Fabri dos  e  PEREIRA, Luciane Lucio. The attitudes of nurses from an intensive care unit in the face of errors: an approach in light of bioethics. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2010, vol.18, n.3, pp. 324-330. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692010000300005.

 

PDF:www.scielo.br/pdf/rlae/v18n3/pt_05.pdf


<===============. MAGRIM .=============><========.ENFERMEIRO.==========>